LINKCE Telecom

golpes na internet

Saiba como identificar golpes na internet de uma vez por todas 

O mundo está cada vez mais conectado, resultando em muito mais praticidade e rapidez para o dia a dia das pessoas. Porém, é preciso ter cuidado, pois os golpes na internet estão cada vez mais comuns e mais difíceis de identificar.

Infelizmente, ao mesmo tempo que a internet evoluiu e nos proporcionou uma vida mais conectada e com diversas usabilidades sem sair de casa, não demorou muito para que criminosos virtuais entrassem em cena.

Os golpistas, chamados de cibercriminosos, estão sempre procurando alguma brecha para obter dados dos usuários, sejam eles CPF, RG, número de cartão de crédito e mais.

Só para você ter uma ideia, aqui no Brasil, em 2021, cerca de 220 milhões de brasileiros tiveram os seus dados vazados na internet. Dentre as principais informações divulgadas, podemos citar números de celular, CPFs e nomes completos.

Então, os golpes na internet se tornaram frequentes, e se você não já sofreu um, com certeza conhece alguém que já foi prejudicado.

Portanto, se você quer saber de uma vez por todas como identificar esses golpes, aqui você vai conferir quais são os principais tipos para ficar alerta e saber como identificá-los. Boa leitura!

Como ocorrem os golpes na internet?

Existem diversos tipos de golpes na internet, mas geralmente eles acontecem para tirar vantagem do usuário ao apresentar informações falsas.

Existem fraudes que são fáceis de identificar, como anúncios mirabolantes, preços totalmente incondizentes com a realidade, propagandas que dizem que você ganhou um prêmio e muitas outras.

Mesmo assim, acontecem casos em que o usuário, na inocência de obter um produto ou serviço por um bom preço, acaba sendo lesado pelos cibercriminosos.

Esses tipos de golpes mais “escrachados” já não surtem tanto efeito, por isso, os criminosos estão cada vez mais perfeccionistas e atuando em crimes muito difíceis de identificar.

Confira agora alguns tipos de golpes na internet para ficar atento antes de realizar qualquer transação ou divulgar os seus dados.

Os 5 tipos mais comuns de golpes na internet

1. Pharming

O pharming, para uma grande parcela da população, talvez seja o tipo de golpe na internet mais difícil de identificar.

O pharming é o ato de redirecionar o usuário para um site falso, mas a pessoa acha que está no site que ela normalmente usa. Por exemplo, você está procurando por um produto X e recebe um e-mail falando que ele está em promoção na loja que sempre compra.

Ao clicar no link desse e-mail, você é redirecionado para um site idêntico ao original, com pouquíssimo detalhes diferentes e acaba efetuando a compra.

Nesses casos, o que pode acontecer é: você nunca receber o produto (pois ele não existe), dificilmente terá o dinheiro de volta e ainda pode ter o cartão de crédito clonado.

O site falso da Americanas foi um grande exemplo de pharming que muitos usuários caíram. Veja:

Imagem: Reclame Aqui Notícias

Há quem diga que é um site falso? Apesar da exatidão visual, existe sempre uma maneira de identificar se o site é falso. Basta observar o endereço (URL) do site, sinalizado em azul na imagem. Perceba que o link sequer tem escrito “Americanas”.

2. Phishing

O phishing acontece quando alguém convence o usuário a fornecer seus dados pessoais, estes que são usados para vários tipos de golpes e atividades ilícitas na internet.

Os e-mails de phishing com anexos infectados, como documentos, fotos e vídeos, são os tipos mais comuns. Ao baixar o arquivo, o usuário instala sem saber um software espião em seu computador que coleta e armazena suas informações pessoais.

Geralmente, os cibercriminosos se passam por empresas de telefonia, internet ou bancos, que cobram valores acima do normal ou dizem que você está com uma pendência. Ao baixar o arquivo para saber do que se trata, o golpe é feito.

Nesses casos, é muito importante checar quem mandou o e-mail. Uma empresa de confiança nunca utiliza e-mails pessoais, como “gmail” ou “outlook”, mas sim corporativos. Por exemplo: contatos@linkce.com.br.

Inclusive, em 2020, segundo dados da Kaspersky (empresa de segurança de informações, que você deve conhecer pelo antivírus), o Brasil foi o país que mais sofreu com tentativas de phishing.

3. Fraude por antecipação de recursos

Um cibercriminoso induz o usuário a fornecer informações confidenciais ou a fazer um pagamento antecipado em troca da promessa de um benefício. 

Depois de um tempo, o usuário percebe que o benefício não existe ou não está mais disponível e percebe que foi vítima de um assalto e que seus dados e/ou dinheiro ficaram com o criminoso.

Para evitar isso, fique sempre atento na reputação da empresa, verifique as avaliações dos usuários e procure por reclamações em sites especializados, como o Reclame Aqui.

4. Vagas de empregos falsas

Nos últimos anos, houve um grande aumento no número de mensagens recrutando usuários para o “emprego dos sonhos”.

Seja pelo WhatsApp ou SMS, o usuário recebe uma mensagem contendo um link para candidatar-se à vaga de emprego.

Saiba como identificar esse tipo de golpe e o que fazer:

  • Se não enviou currículos recentemente, é provável que a mensagem seja um golpe
  • Pergunte sempre o nome da empresa e pesquise sobre ela na internet
  • Empregadores legítimos nunca cobrarão de você uma taxa para candidatar-se a uma vaga

5. Roubo de identidade

O roubo de identidade é o ato pelo qual uma pessoa tenta se passar por outra com o objetivo de obter vantagens indevidas.

Um golpe bastante comum no WhatsApp, por exemplo, é quando o criminoso se passa por um familiar de alguém e diz que está precisando de dinheiro com urgência. 

Provavelmente você conhece alguém que passou por isso, certo? Nesses casos, não fique nervoso pelo suposto parente em apuros. Procure ligar para ele e perguntar se está tudo bem e se foi ele mesmo que mandou essa mensagem.

Após confirmar que trata-se de um roubo de identidade, você pode registrar um boletim de ocorrência na delegacia mais próxima, além de divulgar o número do criminoso nas redes sociais para as pessoas ficarem alertas.

Se você quer saber como navegar na internet sem medo de sofrer um golpe, confira 7 dicas de segurança na internet para proteger os seus dados em nosso blog.

Nos acompanhe também pelas redes sociais: Instagram e Facebook. LinkCE, a internet do seu jeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.